Publicado em: sexta-feira, 06/07/2012

Funcionário de carro forte tem bomba amarrada na perna durante assalto

A manhã desta sexta-feira, 6 de julho, foi marcada por uma tentativa de assalto que parou uma das principais rodovias de São Paulo. O funcionário de um carro-forte da empresa Transblanc foi mantido refém com uma bomba amarrada a sua perna na alça de acesso da Rodovia Anhanguera, na altura do Anel Viário Prefeito Magalhães Teixeira, em Campinas, município do interior do estado de São Paulo.

De acordo com as informações fornecidas pela polícia, o funcionário foi obrigado a colaborar com os criminosos depois que soube que sua mulher e sua filha tinham sido sequestradas pela quadrilha. As duas foram liberadas depois que o assalto não deu certo.

O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) e o Corpo de Bombeiros se mobilizaram na operação de resgate do funcionário e da neutralização da bomba que está presa em sua perna.

Segundo a Polícia Militar, os ladrões utilizaram dois caminhões para impedir que o carro-forte passasse pela rodovia. A ação se deu por volta das 9h30 desta sexta-feira. Os outros vigilantes tentaram reagir ao assalto e dois deles ficaram feridos na troca de tiros. Os assaltantes colocaram fogo no carro-forte, mas não conseguiram roubar o veículo. Eles fugiram depois de prender o artefato explosivo em uma das pernas de um dos vigilantes.

O vigilante ficou em estado de choque e ficou esperando o Grupo Especial Tático para que a bomba fosse retirada da sua perna com segurança.