Publicado em: sábado, 12/05/2012

Fugitivo mais procurado se mata com um tiro nos EUA

Na noite desta quinta-feira (10), o fugitivo norte-americano mais procurado do país atirou contra a própria cabeça. As meninas que estavam como suas reféns foram encontradas com vida. O drama das meninas começou quando a mãe e a irmã mais velha foram mortas. O homem em questão é Adam Mayes, de 35 anos, que se matou após ser visto em uma floresta com as duas meninas.

As autoridades afirmaram que ele foi visto por guardas de caça em uma floresta no Mississippi. Alexandria Bain, de 12 anos, e a irmã mais nova, Kyliyah, de 8 anos, necessitavam de comida e assistência médica quando foram encontradas. As informações foram dadas pelo xerife Jimmy Edwards, que encontrou Mayes ainda com vida.

Caso

De acordo com as autoridades, Adam Mayes era amigo da família das meninas e não ficou nenhum pouco satisfeito quando sou que a família Bain ia se mudar para o Arizona. O pai das meninas procurou a polícia para denunciar que sua esposa e as três filhas tinham desaparecido no dia 27 de abril. Mayes estava ajudando na mudança da família.

O corpo de Já Ann, 31 anos, e Adrienne, de 14 anos, foram achado em covas durante o final de semana em um terreno de propriedade da mãe de Mayes, em Guntown. Como recompensa, o FBI estava oferecendo 100 mil dólares para que o suspeito fosse capturado. Na quarta-feira, Mayes estava ocupava a primeira posição na “Lista dos Dez Fugitivos Mais Procurados”.