Publicado em: quarta-feira, 03/07/2013

Franz Kafka é homenageado pelo Google

Franz Kafka é homenageado pelo GoogleO escritor Franz Kafka que escreveu obras primas como A Metamorfose, além de O Processo e também Carta ao Pai recebeu um doodle do Google em homenagem ao 130º aniversário. A homenagem tem a imagem que remete a obra A Metamorfose, em que Gregor Samsa, homem, acorda e se transforma em um inseto, grande parte das traduções apontam ser uma barata. Na imagem as letras que criam a palavra Google estão caracterizadas como se fossem partes de insetos e remetem à esta obra clássica do escritor tcheco.

Franz Kafka

Kafka é visto como um dos maiores escritores em toda a literatura moderna. A obra dele mostra ansiedades e também a alienação que o homem tinha no século XX. O escritor nasceu na cidade de Praga, quando esta fazia parte do império austro-húngaro. O pai, Hermann Kafka era um comerciante judeu e Franz cresceu tendo influências das culturas judia, tcheca e também alemã. O pai era apontado como empresário egoísta e muito arrogante e a relação de Franz com ele era muito perturbada, segundo apontado na carta para o pai, Franz faz a queixa para Hermann que fez queixas de ser muito afetado devido ao exigente caráter autoritário do pai.

Em 1902 Kafka conheceu Max Brod, grande amigo, a quem pediu no ano de 1922, que destruísse as obras do escritor após a morte. Brod era jornalista, compositor e também escritor e não chegou a queimar estes manuscritos, sendo diários cartas e tudo que sobrou, como era da vontade de Kafka e sim publicou os textos do escritor.

Kafka era Solitário e a vida afetiva era marcada por não resoluções e algumas frustrações e teve fama devido aos seus livros, grande parte editados após a morte. Ainda assim era respeitado em círculos de literatura aos quais frequentava.

Kafka morreu em 3 de junho de 1924 quando estava no sanatório Kierling, próximo à cidade austríaca de Klosterneuburg. A causa sua morte é de insuficiência cardíaca, porém Kafka estava com tuberculose desde o ano de 1917 e na época a doença não tinha cura.