Publicado em: sábado, 30/11/2013

Fortificar músculos resguarda ligamentos e juntas do corpo humano

Fortificar músculos resguarda ligamentos e juntas do corpo humanoJoelhos, cotovelos, punhos e quadril, entre outros, são partes que costumam causar dores em pessoas têm apresentam bursite, tendinite, artrite e tantas outras, muitas vezes gerada por uso em demasia ou mesmo um trauma, é o que afirma o médico do esporte, Gustavo Magliocca.

De acordo com o ortopedista André Wever, a cura para estas implicações pode ser também muito semelhante. Porém, antes de tratar, é relevante se cuidar e precaver é a grande sacada, uma vez que com a rotina dos exercícios físicos de fortificação muscular, auxiliam a por blindagem em ligamentos e articulações, afirmou Magliocca.

Profissionais do esporte, especialmente do futebol, habituam-se a ter inúmeras complicações e danos nos tendões, que são tecidos fibrosos que atrelam o músculo ao osso e imprimem a eficácia de compressão entre eles, protegendo na circulação dos ossos.

Para quem gosta de bater uma bolinha somente uma vez por semana, cuidado. A temeridade é superior por conta da ausência de apresto adaptado e da carência de exercícios de fortalecimento muscular, advertiu o professor da Faculdade de Educação Física e Esporte da USP, José Alberto Cortez.

Para as pessoas que possuem a tendinite, o ortopedista André Wever esclarece que o descanso e a tala são modos de tratamento. Ainda assim se a questão tiver na cartilagem, não existe forma de restaurar, como avaliou o médico. Em ocorrências de artrose ou osteoartrite, que é a exasperação da cartilagem, não tem mais como voltar.

Caso seja uma infecção na bursa, o tecido que resguarda as articulações, pode advir à bursite, ocasionada especialmente pelo abuso de oscilação e empenhos recorrentes. Por ser uma dificuldade mais aparente, quem tem bursite pode estar mais suscetível à compressão e a agitações idênticas, como adormecer de um lado só.

O indivíduo que sente agonia ao despertar pode ter bursite ou somente estar adormecendo na posição errada, o padrão é que a almofada utilizada na cabeça não seja muito baixa nem muito alta e que outro travesseiro seja posto entre as pernas para impedir a rotação do quadril.