Publicado em: terça-feira, 04/06/2013

Forma física boa aos 50 anos ajuda a prevenir contra o câncer

Forma física boa aos 50 anos ajuda a prevenir contra o câncerPesquisa realizada com 17.000 homens que moram nos Estados Unidos mostrou que aqueles que têm condicionamento cardiovascular considerado de alto nível têm menos risco de desenvolver câncer a acabar morrendo devido à doença.

Neste caso, as chances não estariam relacionadas ao Índice de Massa Corporal (IMC). Isto quer dizer que as pessoas magras que não se exercitam têm mais risco de desenvolver câncer do que aquelas que, embora estejam acima do peso, praticam exercícios físicos. O estudo foi mostrado durante o encontro da Sociedade Americana de Oncologia Clínica, que acontece todos os anos em Chicago. Foram levados em conta no estudo a idade das pessoas e se elas eram fumam.

Além deste, outras pesquisas já tinham apontado que a condição do corpo é mais importante na prevenção das doenças que o próprio peso. Um destes estudos foi publicado no “European Heart Journal” em 2012 e mostrou que obesos com boa saúde tinham risco 38% menor de morrer devido a uma doença qualquer 38% menor que as pessoas que não foram consideradas saudáveis.

O exame foi iniciado através de testes ergométricos aos quais os homens com 50 anos foram submetidos. Com o resultado obtido neste exame, eles foram divididos em diferentes grupos. Depois, os voluntários da pesquisa foram acompanhados pelos pesquisadores durante perto de vinte anos, para que fosse verificado quais dos voluntários iria sofrer de câncer de pulmão, colorretal e próstata.

Durante estes anos, o diagnóstico destes problemas se comprovou em 2.885 dos homens, dos quais 347 acabaram morrendo devido aos tumores. Além disso, 159 homens foram à morte devido a complicações cardiovasculares.

Ao relacionar os dados obtidos nos exames que diagnosticaram câncer com os resultados do exame de esforço, os pesquisadores chegaram à conclusão de que os voluntários com melhor condicionamento físico tinham – em comparação com os voluntários – 68% menos risco de desenvolver câncer de pulmão e risco 38% menor de ter câncer colorretal. Quanto à probabilidade de câncer na próstata, não houve diferença entre os mais saudáveis e os sedentários. Mas, entre os voluntários que desenvolveram câncer, o condicionamento físico considerado bom ajudou a diminuir o risco de morte pela doença.

O médico oncologita Fábio Kater esteve na conferência. Ele coordena o Centro de Oncologia clínica do Hospital 9 de Julho e diz que já se imaginava que o bom condicionamento físico poder proteger contra doenças,pois um estudo entre as mulheres havia mostrado que a atividades físicas ajudavam na prevenção ao câncer de mama.