Publicado em: segunda-feira, 10/10/2011

Forças do CNT cercam homens de Kadafi em Sirte

Forças do Conselho Nacional de Transição (CNT) da Líbia informaram nesta segunda-feira (10) terem cercado os combatentes aliados a Muamar Kadafi, ex-ditador do país, no centro da cidade de Sirte, um dos últimos redutos onde ainda está sob controle do antigo regime. Porém, grande quantidade de civis foi vista em tentativa de fuga da região, pois estavam em meio a intensos conflitos armados. Sirte é a cidade natal de Kadafi e por isso ainda conta com apoio ao ex-ditador.

Em entrevista à agência de notícias Reuters, o comandante de unidades do CNT do leste da Líbia, Abdul Salam Javallah, afirmou que “as forças de Gaddafi estão encurraladas em dois bairros perto do mar, uma área de cerca de dois quilômetros quadrados, mas ainda há resistência. Estamos enfrentando-os agora com armas leves, porque ainda há famílias nas casas.” As pessoas que ainda estavam fugindo precisavam ser revistadas pelos ex-rebeldes e depois seguiam em comboios.

A capital do país, Trípoli, foi dominada em 23 de agosto, data que marcou quase seis meses de protesto contra Kadafi. Desde essa data o paradeiro de Kadafi é desconhecido e o ex-líder é considerado refugiado. Acreditava-se que poderiam encontrá-lo no seu quartel-general, onde também residiam, mas ele havia deixado a região.

O governo interino acredita que Kadafi tenha sido acolhido por tribos na região sul da Líbia. Além disso, o CNT tem informações que afirmam que Kadafi estaria atravessando a fronteira com o Níger, mas sempre retornando à Líbia. O ex-ditador passa diversos dias sem dar notícias, mas eventualmente divulga mensagem de áudio para convocar a população ainda fiel ao seu governo.