Publicado em: quarta-feira, 23/11/2011

FMI anuncia nova linha de crédito

Nesta terça-feira (22), o Fundo Monetário Internacional (FMI) anúncio que está ampliando as formas de auxílio ao crédito a partir da criação de uma linha de seis meses que deve funcionar como uma forma de ajudar os países que apresentam risco de crise da Europa.

O anúncio foi feito em um dos momentos mais esperados, uma vez que os investidores estão aumentando a sua preocupação sobre a possiblidade da zona do euro entrar em crise, especialmente pelos movimentos da economia da Grécia Itália, Espanha e agora também da França.

De acordo com o FMI, o plano chamado de Linha Preventiva e de Liquidez deve agir como “um seguro contra choques futuros e como uma janela de liquidez de curto prazo para atender às necessidades dos que estiverem em crise.”

A nova linha poderá ser utilizada por todos os países que apresentam uma política econômica considerada “relativamente boa” para ter acesso ao crédito. O FMI descreve como “linhas curtas” que poder dar acesso em até 500% do valor da cota dos países e boas condições de pagamento.

“Agimos rapidamente, e as novas ferramentas nos permitirão responder mais rapidamente e efetivamente para o benefício de todos os membros”, afirmou em seu comunicado a diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde.