Publicado em: quarta-feira, 08/02/2012

Fluminense garante vitória na estreia da Libertadores

Nesta terça-feira, dia 7 de fevereiro, com apenas dois minutos de jogo, Fred já fazia a alegria da torcida do Fluminense com um gol. Porém, depois disso, o que o público pode ver no Engenhão foi um time nervoso e sem muita inspiração, que ficou grande parte do tempo segurando a pressão que sofria do Arsenal de Sarandí, da Argentina. Apesar de um jogo sofrido, o time carioca conseguiu vencer por 1 a 0 em sua estreia na Taça Libertadores.

A equipe, que jogo no Grupo 4 do campeonato, garantiu os mesmo três pontos da vitória conquistada em 2008 sobre a mesma equipe e na mesma competição. Mesmo assim, a atuação do Tricolor desagradou os mais de 28 mil pagantes, sendo que o jogo faturou R$ 765.415,00. A partida foi marcada por muito sufoco e algumas expulsões para ambas as equipes.

Primeiro Wagner levou um cartão amarelo ao participar de uma confusão com os jogadores do time adversário. Ele e Aguirre, do Arsenal, foram expulsos logo que os ânimos foram acalmados. Mais tarde, aos 44 minutos, foi a vez de Leandro Euzébio ser expulso da partida por dar um chute no rosto do atleta rival. O Fluminense terminou o jogo com nove jogadores.

O Tricolor retorna aos gramados no próximo domingo, também no Engenhão, para a partida da quinta rodada da Taça Guanabara contra o Vasco, às 19h30 (horário de Brasília). Para a Taça Libertadores, o Fluminense joga no dia 7 de março, contra o Boca Juniors, na Bombonera, em Buenos Aires, Argentina.