Publicado em: quinta-feira, 12/09/2013

Flamengo x Santos: Equipes se enfrentam em diferentes situações no Brasileirão 2013

Brasileirão 2013Nesta quinta-feira (12), o Flamengo recebe o Santos às 21 horas, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Na 16ª colocação com 22 pontos ganhos, o Rubro-Negro precisa do resultado positivo para não terminar a rodada na zona de rebaixamento do Brasileirão 2013. Em momento distinto na tabela, o Peixe, sétimo colocado com 28 pontos conquistados, busca sua terceira vitória consecutiva e já pensa no G-4.

A tendência no Flamengo é que o técnico Mano Menezes não faça mudanças no time que enfrentou o Cruzeiro no último domingo (8), no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. Com dores no joelho direito, André Santos deve jogar, mas caso não tenha condições de estar em campo, será substituído por João Paulo. Depois de estar a serviço da Seleção Boliviana, o atacante Marcelo Moreno está de volta, mas deve ficar como opção no banco de reservas. Assim, Hernane continua sendo titular e forma dupla de ataque com Rafinha.

Preocupado com a maratona de jogos do Santos, o técnico Claudinei Oliveira pode poupar alguns atletas nesta quinta-feira. Na zaga, Edu Dracena cumpre suspensão automática pelo terceira cartão amarelo recebido no último jogo. Com isso, Durval forma dupla de zaga com Gustavo Henrique. Depois de prestar serviços à Seleção Chilena, o lateral esquerdo Mena volta no lugar de Emerson.

Claudinei Oliveira fará mudanças no meio de campo e no ataque do Peixe

No meio de campo, Alan Santos está vetado com uma lesão muscular na coxa direita. Sem ele, o treinador promoverá a entrada de Renê Júnior. Desgastado pelo último jogo, Alison pode deixar o time para a entrada de Pedro Castro ou de Renato Abreu, autor de um gol na vitória sobre o Internacional por 2 a 1, na última terça-feira (10). Com uma luxação no ombro esquerdo, Giva também não joga. Para a vaga do jovem atacante, Gabriel e Everton Costa podem entrar e formar dupla com Thiago Ribeiro.

O árbitro do jogo será Sandro Meira Ricci, de Pernambuco, que terá o auxílio de Alessandro Rocha de Matos, da Bahia, e de Rafael da Silva Alves, do Rio Grande do Sul.