Publicado em: quarta-feira, 19/02/2014

Flamengo x Madureira: Após vitória em clássico, Rubro-Negro mira liderança no Carioca 2014

Flamengo x Madureira no Carioca 2014Animado pela vitória no clássico com o Vasco, o Flamengo volta a campo nesta quarta-feira (19), para enfrentar o Madureira, às 22 horas, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Vice-líder do Campeonato Carioca com 19 pontos ganhos, mesmo número do rival Fluminense, mas com menor saldo de gols (11 a 8), o Rubro-Negro busca a liderança da competição. Já o Tricolor Suburbano está na sexta posição do Estadual, com 12 pontos conquistados.

Se vencer no Maracanã, o Flamengo pode assumir a liderança isolada do Campeonato Carioca, desde que também, o Fluminense tropece diante do Macaé, no Moacyrzão. Já o Madureira, em caso de triunfo, pode entrar no G-4, desde que o Vasco seja derrotado pelo Bangu, em Moça Bonita; e o Nova Iguaçu tropece contra o Friburguense, em Nova Friburgo.

Para o jogo desta noite, o técnico Jayme de Almeida poupará todos os titulares. Porém, o retrospecto dos reservas do Flamengo é positivo neste Estadual, com 100% de aproveitamento, com vitórias sobre Boavista, Volta Redonda e Audax. No ataque, a aposta do treinador é na dupla formada por Negueba e Alecsandro. Ainda sem condições de jogo estão o atacante Paulinho, que está se recuperando de uma lesão no púbis, além do meia Carlos Eduardo, que reclamou de dores na região lombar.

Técnico do Madureira fará uma alteração na equipe titular em relação ao último jogo

O Madureira, por outro lado, contará com quase todos os atletas à disposição para jogar no Maracanã. Por causa de uma cláusula contratual, o atacante Fernandinho não pode entrar em campo. Assim, o técnico Antônio Carlos Roy promoverá a entrada de Victor Borges, que formará dupla de ataque com Carlinhos. No restante, o time será o mesmo que encarou o Volta Redonda no último sábado (15), no Estádio Raulino de Oliveira.

O árbitro do jogo será Rodrigo Nunes de Sá, que terá o auxílio de Eduardo de Souza Couto e Wendel de Paiva Gouvêa.