Publicado em: sexta-feira, 14/03/2014

Flamengo quita dívida com Petkovic após dez anos

Flamengo quita dívida com Petkovic após dez anosUm problema que durou uma década finalmente foi encerrado no Flamengo. Nesta quarta-feira, 12 de março, o rubro-negro anunciou ter quitado uma dívida milionária com o meio-campo Petkovic, que atuou pela equipe entre 2000 e 2002 (e, posteriormente, entre 2009 e 2011, quando se aposentou). A dívida do Flamengo com Petkovic chegou à casa dos R$17 milhões. Contudo, após uma série de acordos entre as partes, realizados em 2010, o valor ficou estipulado em R$10 milhões.

Pagamento

Embora o anúncio sobre o encerramento da dívida tenha sido feito nesta quarta-feira, 12 de março, o Flamengo pagou a última parcela ainda em fevereiro. A informação foi dada por Bernardo Accioly, diretor jurídico do clube. Segundo Accioly, a maior parte do dinheiro, R$8,5 milhões, foi depositada diretamente para o ex-jogador. O restante, 15% do total, ficou com os advogados de Petkovic.

O débito foi encerrado no final de fevereiro, quando o Flamengo depositou para Petkovic R$200 mil. Esta foi a 47ª parcela de pagamento.

Indefinição

O primeiro acordo entre Flamengo e Petkovic foi realizado em 2009. Na época, dirigentes do Flamengo discutiram sobre os reais valores da dívida, referente à primeira passagem do meio-campista pelo clube. Apesar da frustração com a demora no acerto, Pet aceitou voltou a vestir a camisa do clube, onde encerrou sua carreira posteriormente.

Em 2010, em meio às intermináveis negociações, o diretor de futebol Érico Braga chegou a pedir demissão do clube, por ter considerado abusivo o valor pedido pelo atleta. Em 2011, quando ainda jogava no clube, Pet alegou que o Flamengo não estava cumprindo com sua parte no acordo, o que deu origem a novas negociações. A atual diretoria do Flamengo ficou responsável pelo pagamento de R$3 milhões da antiga dívida.

Trajetória

Apesar de todos os problemas relacionados à dívida, Petkovic é um dos maiores ídolos da história recente do Flamengo. Em suas duas passagens pelo clube, o sérvio atuou em 198 partidas, marcando 57 gols. Pelo clube, Pet conquistou o Campeonato Brasileiro de 2009, além de dois cariocas em 2000 e 2001.

Pet costuma ser lembrado por sua capacidade em marcar gols olímpicos. No futebol brasileiro, o sérvio repetiu por nove vezes este feito, cinco delas pelo Flamengo. No Brasil, Pet também atuou por Vitória, Vasco da Gama, Fluminense, Goiás, Santos e Atlético-MG. Atualmente, Petkovic é um dos responsáveis pelas categorias de base do Atlético-PR. No exterior, Pet se destacou pelo Estrela Vermelha, além de ter feito alguns poucos jogos pelo Real Madrid.

Silêncio

Apesar da resolução de um problema que perdurou por tanto tempo, Petkovic não parece muito disposto a comentar o fato. Tanto o ex-meia quanto o Flamengo se mantiveram em silêncio após o término do acerto, que só veio à tona nesta quarta-feira. Devido à sua grande identificação com os brasileiros, Pet já afirmou que não pretende deixar o país. Recentemente, o sérvio voltou a ficar em evidência como treinador da equipe sub-23 do Furacão, que vem sendo utilizada como time principal do Atlético-PR na disputa do Campeonato Paranaense de 2014.