Publicado em: segunda-feira, 02/07/2012

Flamengo – Joel Santana ganha mais uma semana de sobrevida

A vitória por 3 a 2 sobre o Atlético-GO, no último domingo (1º), no Engenhão, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, deu um pouco mais de tranquilidade a Joel Santana no comando do Flamengo. Ao menos, ele terá uma semana de emprego no clube carioca.

Na última semana o técnico se viu no meio de intensos boatos de que seria demitido do comando rubro-negro. Zinho, diretor de futebol, chegou a dizer que não garantia a permanência do técnico na Gávea. A presidente Patrícia Amorim, que estava afastada do cargo por motivos particulares, voltou e deu mais alguns dias de crédito ao treinador.

A vitória em casa no último fim de semana fez com que Joel ganhasse uma sobrevida, de pelo menos sete dias. No próximo domingo (08) o rubro-negro tem um clássico contra o Fluminense, no Engenhão. Poucos dias antes do duelo com o Atlético-GO, Joel desabafou e disse que não se sentia ameaçado no cargo, chegando a afirmar que se fosse para levar em consideração as últimas conquistas, ele deveria ser reverenciado no clube, ao invés de demitido.

No entanto, a procura por um novo técnico é quase explícita por parte dos dirigentes. Nomes vem sendo debatidos pela cúpula flamenguista, entre eles o do argentino Jorge Campaoli, treinador do Universidad do Chile, e que seria o preferido para substituir Joel. Os altos valores exigidos pelo técnico estrangeiro, no entanto, não estariam facilitando a sua vinda para a Gávea.

Outro fator que também seria um empecilho para a saída de Joel Santana é a multa rescisória que o Flamengo teria de pagar, em uma eventual demissão: R$ 2,5 milhões. No entanto, apesar de todos estes contras, uma derrota para o arquirrival no próximo fim de semana seria o estopim necessário para uma troca de técnico.