Publicado em: quinta-feira, 02/02/2012

Flamengo demite Vanderlei Luxemburgo

Mesmo com a classificação para a fase de grupos da Copa Libertadores da América, o Flamengo demitiu o treinador Vanderlei Luxemburgo. A notícia não foi oficializada pelo clube, mas é dada como certa, após uma reunião da cúpula a portas fechadas, na quinta-feira (02).

Na noite de quarta-feira, antes da vitória por 2 a 0 sobre o Real Potosí, pela fase inicial da Libertadores, a notícia da demissão de Luxemburgo e a contratação de Joel Santana para seu lugar, já havia sido vazada, mas negada pela direção.

A demissão de Luxemburgo já vinha sendo discutida antes mesmo do primeiro confronto com o Real, ainda na Bolívia. O principal empecilho dos dirigentes flamenguistas seria a multa rescisória do treinador, estipulada em mais de R$ 4 milhões.

O motivo da saída de Luxemburgo seria os seus desentendimentos com o vice de finanças, Michel Levy, além de um suposto rompimento com o principal jogador da equipe, Ronaldinho Gaúcho. Além de Luxemburgo, o Flamengo ainda teria demitido quase todo o departamento de futebol, entre eles o gerente Isaías Tinoco, o preparador físico Antônio Mello e o auxiliar Junior Lopes.