Publicado em: sexta-feira, 27/07/2012

Financiamento imobiliário utilizando recursos da poupança cresce 18% em junho

Financiamento imobiliário utilizando recursos da poupança cresce 18% em junhoInformações divulgadas por meio de um relatório da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) na tarde de ontem indicam que em junho houve aumento do uso de recurso da poupança para investimento imobiliário. O aumentou, segundo o relatório, chegou a 18% se comparados com os meses de março, abril e maio. O valor passou de R$ 6,3 bilhões para R$ 7,4 bilhões. No entanto, se comparado com o mesmo mês de 2011, houve queda de 5%, já que ano passado o valor usado chegou a R$ 7,78 bilhões. Em relação a todo o semestre o crescimento foi mínimo, não passado de 0,1%. O total de imóveis financiados em junho foi de 41,8 mil. Esse número equivale a 20% a mais do que em maio, quando o número não passou de 34,8 mil. Se relacionado ao mesmo mês de 2011, a queda foi de 10%, pois no ano passado o número chegou a 46,5 mil unidades. Nos últimos dois semestres, a quantidade de imóveis financiados chegou a 470,8 mil, sendo que nos dois anteriores – julho de 2010 a junho de 2011 – o número foi de 470,2 mil. Se relacionados apenas o primeiro semestre de 2012 com o primeiro de 2011 houve crescimento de 9% na quantidade de financiamentos.

Emprego tem impacto nos números divulgados, diz presidente da Abecip

De acordo com Octávio de Lazari Júnior, presidente da Abecip, um dos fatores que tem impacto nesses números e também nos meses seguintes é a taxa de desemprego. Em seguida está o rendimento das famílias, pois segundo ele, se a família tem aumento de salário há maiores chances de que seja feito algum investimento imobiliário utilizando crédito bancário. A queda em relação a 2011 ocorreu ainda, segundo ele, pelo fato das empresas também terem diminuído os lançamentos para ajustar o setor. Além disso, Lazari falou que este é um momento de estabilidade no setor imobiliário quanto ao preço dos imóveis.