Publicado em: sábado, 27/04/2013

Filme sobre Calypso poderá captar R$ 10,7 milhões para produção

Filme sobre Calypso poderá captar R$ 10,7 milhões para produçãoA produção cinematográfica que irá contar a trajetória da banda de Belém do Pará, Calypso, conseguiu do Ministério da Cultura autorização para captar mais de R$ 10 milhões para realizar a produção de “Isto é Calypso”.

Foi divulgado ainda ontem no Diário Oficial da União a autorização concedida a produtora Coração da Selva Transmídia Ltda. Eles tem até o dia 31 de dezembro de 2016 para conseguirem captar o total permitido e autorizado.

Já está definido que será a atriz Deborah Seco a responsável por interpretar a vocalista Joelma no longa metragem. Para interpretar Chimbinha, havia sido acertado com ator Bruno Gagliasso, mas o ator global acabou desistindo por conta de outros compromissos firmados com a televisão. O diretor Caco de Souza está em busca de outro intérprete para dar vida a Chimbinha.

Tudo isso acontece depois das polêmicas declarações de Joelma sobre os homossexuais e o casamento entre pessoas do mesmo sexo, o filme ficou ameaçado de cair no esquecimento, mas o diretor Caco de Souza deixou que a história da banda é muito maior que a polêmica criada.

O filme contará a trajetória de Calypso até ano de 2003, quando o conjunto finalmente conseguiu estourar em todo o Brasil com seu segundo álbum, intitulado O Ritmo que Conquistou o Brasil. O filme será todo gravado no Pará, Pernambuco, mas também com cenas no Rio de Janeiro e contará com uma produção musical do próprio Chimbinha.