Publicado em: sexta-feira, 14/12/2012

Filme repugnante do acidente de Jenni Rivera vaza na internet

Filme repugnante do acidente de Jenni Rivera vaza na internetInfelizmente o acidente da cantora Jenni Rivera vem demonstrando casos desonrosos dos envolvidos na localização dos restos do acidente. A imprensa divulgou que oficiais mexicanos prenderam dois oficiais suspeitos de roubar itens do local do acidente, e fazer fotos e filmagens dos restos mortais e objetos que acabaram sendo divulgadas na internet. Em revista, a casa dos acusados foram encontrados objetos roubados em posse de um dos policiais referente aos envolvidos no acidente.

Acredita-se que seja o responsável por ter vazado as imagens repugnantes na internet que incluem partes dos corpos mutilados. Embora o vídeo ainda não tenha sido confirmado como autêntico pelas autoridades é tido como real pela família da cantora com base nos itens mostrados, assim como os restos.

Os mais próximos a família, dizem que todos estão consternados com a falta de caráter absurda de pensar quem alguém possa vazar imagens deste tipo. A família teme que um dos socorristas possa ser o responsável pelos vídeos e fotos.

A parte mais dolorosa do vídeo para a família foi quando mostrou um pé com unhas pintadas, que acreditam ser de Jenni, a família diz que ela era muito particular sobre seus pés e dedos dos pés. Além de justiça contra os responsáveis a família deseja que todos os traços destas imagens sejam varridos da internet, ao menos, tanto quanto for possível.

Enquanto isto, testes de DNA confirmam que Rivera estava realmente n o avião. Rivera, de 43 anos, começou sua carreira trabalhando no escritório de seu pai uma pequena marca de gravadora de música mexicana localizada em Long Beach, Califórnia. Dotada de uma voz poderosa e comovente, ela gravou seu primeiro álbum, “Chacalosa”, em 1995. Foi um sucesso, e ela seguiu com outros dois álbuns independentes. Até o final da década de 90, ela ganhou um contrato de uma grande gravadora, e construiu um público fiel em ambos os lados da fronteira EUA-México. Mãe de cinco filhos e avó de dois, a mulher conhecida como a “diva de la Banda” era conhecido por sua franca conversa sobre suas lutas para dar uma boa vida aos seus filhos, apesar de uma série de contratempos.