Publicado em: quinta-feira, 13/12/2012

Filhos não reconhecidos brigam por herança de Marcos Paulo

Marcos PauloA família de Marcos Paulo se surpreendeu com a notícia de que dois supostos filhos do diretor estão movendo processo na justiça pedindo que sejam reconhecidos como seus herdeiros. De acordo com o jornal Extra foi a Michelle Santos (36), que mora em Itaboraí, foi quem entrou na justiça pedindo que a paternidade seja reconhecida.

Ainda, um rapaz que foi identificado apenas como Ricardo deve fazer o mesmo em breve. Angela Santos (70), tia de Michelle informou que a sua irmã, chamada Conceição, acabou se envolvendo com Marcos Paulo nos anos 70. Na época ela morava na Zona Sul do Rio de Janeiro e acabou engravidando. Michele cresceu sem saber de quem era filha. Mas quando ficou adolescente a avó lhe contou a verdade.

Desde que soube que Marcos Paulo era seu pai, ela passou a guardar fotos e recortes com notícias a respeito do ator. Michele chegou a conhecer o pai, quando o visitou em uma gravação. Ela ganhou um abraço do pai, que não sabia que a jovem era sua filha.

Angela conta que Michelle chegou a enviar um e-mail para Marcos Paulo contanto a sua história, quando ele ainda estava vivo. O diretor aceitou fazer o exame de DNA, mas afirmou que o teste teria que ser feito em um laboratório escolhido por ele e exigia que ela bancasse os custos. Michelle acabou desistindo do exame quando o ator afirmou que ela deveria ir fazer o teste sozinha, sem a companhia de alguém da família.

Se Michelle for realmente filha de Marcos Paulo, ele também tem mais uma neta, já que a jovem tem uma filha, Maria Heloísa. Mariana Simões Tristão (30), fruto da união de Marcos Paulo com Renata Sorrah, já tem dois filhos, Miguel e Betina.

Caso seja provado que Ricardo e Michelle são filhos de Marcos Paulo, os dois terão que dividir a herança deixada pelo diretor com as suas três filhas, Mariana, Vanessa Simões e Giulia Costa. A fortuna deixada pelo diretor é de aproximada R$ 25 milhões há rumores que ele deixou metade deste valor em testamento para a sua companheira, Antônia Fontenelle.