Publicado em: quinta-feira, 03/07/2014

Fifa libera Luis Suárez para fazer negociações com outros clubes

Fifa libera Luis Suárez para fazer negociações com outros clubesApesar da punição imposta ao atacante uruguaio Luis Suárez, pela mordida no zagueiro Giorgio Chielini, da Seleção Italiana, a Fifa liberou o atleta para fazer exames médicos em caso de negociação com outro clube.

Atualmente no Liverpool, da Inglaterra, o jogador está na mira do Barcelona, da Espanha, para a temporada 2014/15.

Quem ‘liberou’ Suárez para realizar exames foi o chefe do Comitê Disciplinar da Fifa, Cláudio Sulser, que ressaltou que a punição de quatro meses sem poder jogar, não tem vínculo com os direitos de transferência, em entrevista publicada pela agência AP. Além disso, o atacante da Seleção Uruguaia está proibido de entrar em estádios e de atuar profissionalmente durante esse período.

Na última quarta-feira (2), dirigentes ligados ao Liverpool e ao Barcelona fizeram uma reunião em Londres e o clube culé fez uma oferta de 70 milhões de libras (cerca de R$ 267 milhões). Entretanto, os ingleses recusaram a proposta e desejam receber o valor da multa rescisória para liberar o atleta, de 80 milhões de libras (aproximadamente R$ 305 milhões).

De acordo com o jornal inglês The Guardian, representantes de Liverpool e Barcelona devem voltar a se reunir nos próximos dias. Os Reds teriam gostado do início das conversas, mas ainda não fecharam o acordo, já que o Barça ainda não chegou ao valor da multa.

Luis Suárez foi o maior goleador da Premier League na temporada 2013/14

Vice-campeão da Premier League pelo Liverpool, Luis Suárez foi o artilheiro do campeonato na temporada 2013/14, com 31 gols marcados, dez acima de seu companheiro de equipe, o inglês Daniel Sturridge. Os Reds terminaram a competição com 84 pontos, dois a menos do que o campeão Manchester City.

Pela Seleção Uruguaia na Copa do Mundo de 2014, Suárez marcou os dois gols na vitória da Celeste sobre a Inglaterra, por 2 a 1, no dia 19 de junho, na Arena Corinthians, em São Paulo.