Publicado em: quinta-feira, 20/06/2013

Fifa admite que retirou cartazes de manifestantes em estádios na Copa das Confederações

Fifa admite que retirou cartazes de manifestantes em estádios na Copa das ConfederaçõesA FIFA ordenou que cartazes sejam retirados de dentro de estádios durante a Copa das Confederações. Quem afirma isto é o porta-voz Pekka Odriozola da entidade, durante uma reunião com a imprensa durante a manhã de quinta-feira (21). Mesmo afirmando que não pode se referir a certos casos específicos, afirmou que esta retirada de cartazes de manifestantes já ocorreu durante a competição e afirmaram que isso é algo normal durante competições da FIFA e de eventos no planeta. As regras sobre a conduta do torcedor dentro de estádios durante as competições, que está disponível no site da entidade, é explícitado que manifestações políticas são proibidas dentro de arenas.

O manual sobre a conduta a ser adotada, não aponta qual deve ser o procedimento adotado se houver uma infração. Pekka ao ser questionado sobre este assunto se mostrou evasivo, apenas falou sobre o procedimento adotado que é padrão, e afirmou que deve ser utilizado o bom senso e que cada caso deve ser análisado.

Pekka afirmou que durante a partida de ontem que houve grandes protestos antes e durante o jogo do Brasil contra o México, isto chegou a funcionar, pois não houve problemas que chegaram a ser muito grandes, pois o que importa é o tipo dos cartazes. Ele apontou, porém que houve cartazes que foram removidos no decorrer das partidas, porém ele tratou isso como algo corriqueiro e disse que situações assim já ocorreram em diversas partidas através do mundo. Porém ele diz que isto é algo que ocorre em grande parte departidas e competições pelo mundo a fora. Dentro dos estádios existe um certo código de conduta que é um código semelhante a outras competições da FIFA e eventos grandes.