Publicado em: quarta-feira, 10/08/2011

Fiat implanta “fábrica verde” em Pernambuco

A cidade de Pernambuco, no Recife, irá receber uma fábrica verde da Fiat. Com ruas internas pavimentadas com asfalto produzido com pneus reciclados, a água utilizada no processo industrial será tratada e reutilizada, coleta seletiva e reciclagem de 99% de todos os resíduos sólidos produzidos pela fábrica. E contará também com ciclovias em seu espaço interno, estes são apenas alguns dos elementos que farão parte da fábrica verde da Fiat do Brasil. O novo empreendimento da indústria de automóvel deve custar R$ 4 bilhões e deve geral 4,5 mil empregos diretos. E terá capacidade de produção de até 250 mil veículos por ano.

Os detalhes que irão fazer parte da “fábrica verde” foram apresentados nesta terça-feira (09) no Palácio do Campo das Princesas, pelo presidente da Fiat na América Latina, Cledorvino Belini. Segundo informações da empresa, a planta da fábrica utilizará materiais renováveis na sua construção, a iluminação do local será com painéis de LED, os galpões terão luz natural, e estacionamento e abastecimento para veículos movidos a energia elétrica.

A fábrica será construída no município de Goiânia, que fica na zona da mata pernambucana. A área ocupada para a construção será de 14 mil hectares e as atividades devem ter início em 2014.

O primeiro projeto previa um gasto de 3 bilhões de reais e que a fábrica seria instalada no município de Cabo de Santo Agostinho, na área do complexo industrial e portuário da Suape. A mudança ocorreu devido ao aumento do número da produção da indústria, que exigiu então um espaço maior para a fábrica.