Publicado em: quinta-feira, 22/03/2012

FGTS arrecada 17% a mais em 2011 e bate recorde

A arrecadação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) apresentou uma elevação de 16,9% durante o ano de 2011, se comparado com 2010. O Ministério do Trabalho divulgou ontem informações que indicam que a arrecadação do ano que passou chegou a aproximadamente R$ 72,2 bilhões. Esse número equivale a um recorde do setor. Com relação à retirada do dinheiro por parte dos trabalhadores o valor foi de R$ 56,7 bilhões. Observando-se a diferença entre esses dois números, a receita líquida foi de R$ 14,6 bilhões. Esse resultado também é um recorde do FGTS, pois apresenta uma elevação de 22,7% se comparado com 2010.

Esse bom resultado do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço é resultado de uma série de fatores segundo informações do Ministério do Trabalho. No entanto, a pesquisa cita apenas alguns deles como é o caso do aumento da renda da população brasileira, da criação de novos postos de trabalho e também da estabilidade econômica se comprado com outros países que são mais desenvolvidos que o Brasil. Alguns setores foram mais importantes para a elevação desses números de arrecadação no ano passado, como é o caso da construção civil e do comércio. O primeiro setor apresentou um crescimento de 25,8% enquanto o comércio chegou a 21,4%.

Moradores de outros países também podem retirar o FGTS

As informações fornecidas pelo Ministério do Trabalho mostraram que o uso do fundo arrecadado pelo FGTS auxiliou aproximadamente 34 milhões de pessoas. Em 2011 também houve uma mudança de regras para a retirada, pois foi a primeira vez que os moradores de outros países, como EUA e Japão tiveram a oportunidade de retirar seu dinheiro. Essa fatia de trabalhadores sacou R$ 7,1 milhões em 2011. A lei pretende ser estendida também para os países europeus. Sem precisar viajar para o Brasil, será possível sacar o dinheiro.