Publicado em: terça-feira, 08/10/2013

Fenômeno Tiririca de novo nas eleições

Fenômeno Tiririca de novo nas eleiçõesEm divulgação nacional é discutido o papel dos famosos no desenvolvimento das eleições 2014. É claro que o papel de figuras conhecidas na sociedade sempre gerou um destaque a mais nas campanhas partidárias, mas parece que as últimas eleições em que grande parte dos famosos estava não apenas exercendo papel publicitário, mas efetivamente concorrendo deram um impulso a mais no interesse dos partidos em angariar votos através deste caminho.

O que vem sendo chamado de fenômeno Tiririca é um fator crítico a ser repensado pela população que se encaminha para mais um período eleitoral no ano próximo.

A eleição de Francisco Everardo Oliveira Silva (o palhaço Tiririca) pelo partido PR-SP, com uma campanha pífia de não fazer a mínima ideia do que faz um político mas querer entrar ainda assim, mostrou que a irreverência e o despreparo também tem sua vez. Tiririca que chegou próximo a casa de um milhão e meio de votos, não foi eleito sozinho. A legenda do partido também recebe vantagem e conseguiu levar mais 3 representantes da coligação ao cargo de deputados.

Sem julgar o mérito individual destes que ganharam sua vaga através dos representantes famosos, é necessário refletir em qual o papel real dos famosos na eleição de 2014. Dentre os famosos citados pelas reportagens, se encontram Narcisa que apesar de advogada é mais conhecida por seus disparates de socialite, e chegou a assinar junto ao PSD quando em seguida percebeu que queria mesmo era assinar com o PSDB. Outros que figuram nas candidaturas estão Kléber Bambam, ex-BBB e turma do Didi. O cirurgião Dr. Rey; Sula Miranda; o cantor pagodeiro Belo que recentemente concluiu sua pena de 8 anos. Entre outros nomes que figuram os BBBs, e famosos do esporte como o nadador Fernando Scherer e o jogador da seleção brasileira de vôlei Giba.

Embora seja visto com certo receio a inclusão destes personagens no universo político pode trazer resultados positivos, mas tudo terá que ser ponderado pelos eleitores. Uma figura que tem sido bastante elogiada por sua atuação é o ex-jogador Romário que sem receio demonstra em sua rede social o lado bom e ruim da política criticando duramente algumas incoerências dos poderes. Romário poderá despontar no ano que vêm como candidato a Governador caso suspeita se confirme, mas também parece que ele vai tentar o senado.

Já o Tiririca, a pouco anunciou que estava cansado deste universo político que paga “pouco” comparado ao que o comediante ganhava em suas aparições públicas. Outro fator crucial para desistência do mandato é que finalmente ele compreendeu que o universo político não se baseia tanto no apoio ao povo quanto pensava, é um jogo de empurra disse o político em uma de suas declarações. O que o governo quer, não é o que o partido quer, e talvez seja o que a oposição queria. Exemplar o parlamentar foi um dos que menos faltou a sessões na casa, mas também não conseguiu aprovar nenhum de seus projetos, e diz que em 2014 se aposenta da política. Queria ajudar o povo, mas vejo que aqui não vou conseguir, concluí o deputado Francisco.