Publicado em: quarta-feira, 04/04/2012

Fenabrave mostra que vendas de veículos teve alta de 21% em março

De acordo com um balanço divulgado hoje pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), as vendas de automóveis cresceram 21,02% em março, levando em consideração os dados de todo o país. Esse percentual é em relação ao número referente a fevereiro. No mês anterior, 483.643 receberam emplacamento. Já em fevereiro a quantidade não passava de 399.655. Além disso, se comparado os dados de março de 2012 com o mesmo período de 2011, a elevação contabilizada foi de 0,08%. Para a Federação, essa elevação se deve pela maior quantidade de dias úteis para fazer as compras. Em março foram 22 dias. Já em fevereiro foram 19 e em março de 2011 havia apenas 20 dias.

Fazendo uma comparação com o ano passado em cada setor – carros, caminhões, motos, entre outros – houve queda em alguns deles. É o caso, por exemplo, dos caminhões e ônibus, que tiveram uma queda de 5,67% nas vendas ante março de 2011. Os veículos leves apresentaram uma diminuição de 1,58% em relação ao mesmo mês do ano passado. O que apresentou alta foi o segmento de motos. Tanto na comparação anual, quanto na mensal o segmento mostrou alta. Foram 3,33% em relação ao mesmo mês de 2011 e 23,02% em relação a fevereiro.

Inadimplência preocupa o setor automotivo

Observando as vendas diárias, março apresentou uma queda de 6,05% ante o mesmo mês do ano passado. Para a Federação, esses dados de queda representam uma preocupação para o setor. Essa diminuição nas vendas se deve a elevação da inadimplência na indústria automobilística, que em fevereiro alcançou 5,5%. Com esse dado elevado, os bancos passaram a conceder menos crédito aos possíveis compradores. Com essa restrição houve um impacto direto na quantidade de automóveis vendidos diariamente.