Publicado em: sexta-feira, 27/04/2012

Felipão teria salários atrasados no Palmeiras

O Palmeiras parece não saber mais o que são dias tranquilos. Se a desclassificação no Campeonato Paulista foi atenuada pela vitória fora de casa sobre o Paraná na Copa do Brasil, no dia seguinte já surgiram outros fatos para deixar o ambiente no Palestra Itália novamente tumultuado.

Isto porque o jornal ‘O Estado de São Paulo’ divulgou uma reportagem em que afirma que o técnico Luiz Felipe Scolari estaria com três meses de salários atrasados. A informação teria sido obtida por pessoas mais próximas a Felipão, que teria ouvido queixas do treinador sobre o assunto.

Já a diretoria do Palmeiras nega a informação. O presidente Arnaldo Tirone alega que pode ter ‘havido um engano’ com relação ao 13º do técnico, mas que todos os pagamentos já foram quitados. O diretor financeiro do clube, Walter Munhoz diz que todos os salários, de comissão técnica e jogadores, estão em dia.

Os salários atrasados motivaram Felipão a deixar o Bunyodkor, no Uzbequistão. O contrato de Luiz Felipe Scolari com o Palmeiras se encerra em dezembro deste ano, e o treinador garante que irá cumprir seu vínculo com o clube do Palestra Itália até o final.