Publicado em: quarta-feira, 28/09/2011

Felipão proíbe entrevistas

O técnico Luiz Felipe Scolari tomou mais uma medida tentando acabar com a crise instaurada no Palmeiras. O treinador decidiu pelo fim das entrevistas no clube. A partir de agora, jogadores e o próprio Felipão não irão conceder declarações à imprensa.

A decisão pela ‘Lei da Mordaça’ foi tomada pelo próprio técnico, em conjunto com o departamento de futebol palmeirense. O vice de futebol, Roberto Frizzo, compareceu ao treino de terça-feira (27), juntamente com o presidente Arnaldo Tirone, e justificou que o momento é de ‘reflexão’, e por isso o silêncio.

A proibição de entrevistas deve ter fim apenas no sábado (01), quando o Palmeiras enfrenta o América-MG, no Canindé. Até lá, os treinos permanecem abertos, mas somente para que possam ser feitas fotografias e imagens para a televisão.

O Palmeiras atravessa um mau momento no Campeonato Brasileiro, onde venceu apenas um jogos, nas últimas sete rodadas, e está na oitava colocação. A permanência de Felipão, inclusive, chegou a ser questionada por alguns setores do Palmeiras.