Publicado em: segunda-feira, 03/12/2012

Felipão garante que 90% do time do Mundial jogará da Copa das Confederações

Felipão garante que 90% do time do Mundial jogará da Copa das ConfederaçõesA Confederação Brasileira de Futebol (CBF) tomou uma atitude que foi elogiada por muitos e criticadas por outros: mudar o treinador da seleção brasileira a apenas aproximadamente um ano e meio da disputa da Copa do Mundo de 2014 que será disputada no Brasil. Essa falta de tempo é considerada como o principal desafio para o novo técnico Luiz Felipe Scolari, que retornou a seleção após conquistar a Copa do Mundo de 2002.

Durante a sua apresentação, Felipão garantiu que não irá começar o trabalho do zero e que vai utilizar a base deixada por seu antecessor, Mano Menezes. Segundo ele, todos os treinadores deixam algum tipo de legado para o próximo técnico, já que o trabalho é administrar e fazer adaptações daquilo que ele considera o ideal para equipe. Felipão disse ainda que após conhecer um pouco melhor os jogadores e as suas características, durante os treinamentos, poderá mudar uma ou outra coisa.

Felipão falou também da importância da Copa das Confederações como torneio realmente preparatório para a Copa do Mundo. Segundo o novo treinador do Brasil, a expectativa é que durante esta competição o time esteja praticamente definido e que no ano seguinte disputará a competição mais importante. Felipão disse também que o elenco deve estar 90% fechado na competição preparatória e só não estará 100% porque sempre surgem jogadores de uma hora pra outro no futebol brasileiro.

Além disso, Felipão disse que a Copa das Confederações não é tão importante pelo título, mas sim para reunir os jogadores duas semanas antes do início do torneio e avalia-los no dia-a-dia de treinamentos, e não em apenas algumas sessões.