Publicado em: quarta-feira, 07/05/2014

Felipão convoca a Seleção Brasileira para a disputa da Copa do Mundo e zagueiro Henrique é a maior surpresa

Felipão convoca a Seleção Brasileira para a disputa da Copa do Mundo e zagueiro Henrique é a maior surpresaEm entrevista coletiva realizada na manhã desta quarta-feira (7), o técnico Luiz Felipe Scolari convocou os 23 jogadores que disputarão a Copa do Mundo de 2014, pela Seleção Brasileira. Todos eles já haviam sido chamados pelo treinador na Copa das Confederações, ou pelo menos nos amistosos, desde o seu retorno, em 2012. A maior novidade da lista é o zagueiro Henrique, do Nápoli, da Itália.

Henrique é homem de confiança de Felipão, já que trabalharam juntos no Palmeiras e sua presença no Mundial teria sido definida na última terça-feira (6), em reunião da comissão técnica da Seleção. Os outros defensores já estavam definidos: o capitão Thiago Silva, do Paris Saint-Germain; David Luiz, do Chelsea; e Dante, do Bayern de Munique.

No gol, a dúvida era sobre o terceiro goleiro. Em grande fase, Victor, do Atlético Mineiro, foi chamado assim como Jefferson, do Botafogo, e o titular e mais experiente do grupo Júlio César, atualmente no Toronto, do Canadá.

Já nas laterais, mesmo fora do último amistoso, contra a África do Sul, o lateral direito Maicon, da Roma, disputará sua segunda Copa do Mundo, dessa vez na reserva de Daniel Alves, do Barcelona. Na esquerda, Marcelo, do Real Madrid, e Maxwell, do PSG, também foram chamados.

No meio de campo, sete jogadores foram chamados. Titulares na Copa das Confederações, Luiz Gustavo, do Wolfsburg; e Paulinho, do Tottenham; terão a companhia de Fernandinho, do Manchester City; Hernanes, da Internazionale de Milão; e de três atletas do Chelsea, Ramires, Oscar e William.

Ataque é o setor com menos supresas na lista de Luiz Felipe Scolari

O ataque será composto pelo craque Neymar, do Barcelona; Fred, do Fluminense; e Hulk, do Zenit, titulares absolutos do time de Felipão. Campeões da Libertadores no ano passado pelo Atlético Mineiro, o centroavante Jô e o ponta Bernard, jogador do Shakhtar Donetsk, serão as opções do comandante da Seleção Brasileira.