Publicado em: segunda-feira, 25/06/2012

Federico Franco faz juramento no palácio presidencial no Paraguai

Nesta segunda-feira (25), o novo presidente paraguaio, Federico Franco, realizou seu juramento para ocupar a nova função. O juramento foi feito em uma cerimônia que aconteceu no palácio presidencial. Na mesma ocasião, o ex-presidente, Fernando Lugo, concedia uma entrevista coletiva para falar sobre o seu desejo de voltar ao poder no Paraguai.

O juramento, feito por nove ministros de maioria do partido do novo mandatário, o Partido Liberal, ocorreu enquanto a entrevista de Lugo se encerrava. Lugo instaurou um gabinete paralelo com o objetivo de monitorar o governo de Franco. Apenas dois ministros do novo governo eram de Lugo: Enzo Cardozo, da Agricultura; e Francisco Rivas, da Indústria.

Novos ministros

Os demais parlamentares que compõem os outros ministérios do Executivo do Paraguai são: Carmelo Cabellero, do Interior; María Liz García, da Defesa Nacional; José Fernández, das Relações Exteriores; Enrique Salyn Buzarquis, de Obras Públicas; e Horacio Galeano, de Educação e Cultura. Para o ministério da Saúde assumiu Antonio Arbo, e para Justiça e Trablho, María Segóvia.

A cerimônia oficial começou com 15 minutos de atraso, tendo início logo depois da entrevista coletiva do Partido País Solidário. Nesta ocasião, Fernando Lugo afirmou que foi vítima de golpe de Estado por parte dos parlamentares de seu país, e disse também que o atual presidente não possui autoridade alguma. Na entrevista, Lugo disse que teve uma conversa com a presidente da argentina, Cristina Kirchner para garantir sua presença na Cúpula do Mercosul.