Publicado em: sexta-feira, 21/10/2011

FBI irá investigar caso de importação de lixo em Pernambuco

Representantes da polícia federal norte-americana (FBI) e do Serviço de Imigração e Controle Alfandegário dos Estados Unidos já estão em Recife, Pernambuco, desde quinta-feira, dia 20 de outubro, para ajudarem a apurar informações sobre o caso das importações de lixo hospitalar.

A Receita Federal encontrou, na semana passada, toneladas de tecidos com manchas que se assemelhavam a sangue, e logotipos de hospitais norte-americanos estampavam os panos. O material foi descoberto em um contêiner no porto de Suape e estão passando por perícias.

De acordo com a lei, este material não poderia em hipótese alguma ter entrado no Brasil. O governo dos Estados Unidos decidiu também começar uma investigação paralela sobre o caso em seu país, para descobrir quem foram os responsáveis pelo lixo hospitalar chegar até o Brasil

O material chegou ao país através da empresa têxtil de Pernambuco Império do Forro de Bolsoa Cruz do Capibaribe. Ele foi enviado pelo porto de Charleston, na Carolina do Sul. Até o momento, mais de 60 amostras do material foram apreendidas. A Polícia Federal brasileira começou um inquérito para investigar as responsabilidades pelo desembarque do material norte-americano.