Publicado em: sábado, 10/12/2011

Farmácias são proibidas de vender medicamentos emagrecedores

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que todos os medicamentos que são utilizados para o emagrecimento e tem como composto a anfepramona, femproporex e mazindol, terão a venda proibida. A determinação foi publicada em outubro no Diário oficial da União e passam a valer a partir desta sexta-feira (9).

Depois de depois meses da emissão do prazo para a retiradas dos remédios das prateleiras, algumas drogarias e farmácias ainda possuem as rogas em seu estoque de venda. Diversas cidades do país continuam a oferecer o medicamento proibidos.

Em outubro, a Anisa publicou a proibição asseada em pesquisas que indicam que o uso destas substância são prejudiciais a saúde. Entre os principais efeitos colaterais estão as mudanças no sistema nervoso central e problemas cárdicos. Um dos sintomas mais frequentes em pessoas que fazem uso dos emagrecedores é a ansiedade.

As farmácias que continuarem a oferecer os produtos poderão sofrer penas que vão desde a advertência a interdição do ponto de venda. O controle dos locais ficará por conta dos órgãos estaduais da Anvisa.