Publicado em: segunda-feira, 25/03/2013

Família de Hudson diz que o cantor estava depressivo

Família de Hudson diz que o cantor estava depressivoAos 40 anos de idade, o cantor Hudson Cadorini Silva, que faz parte da dupla Edson & Hudson, teria estado deprimido depois que a sua ex-mulher, Larissa Lopes faleceu, em novembro do ano passado, na cidade de Limeira, no interior de São Paulo. As informações foram divulgadas pela família do cantor, que está detido pela polícia por posse ilegal de armas e munição.

O irmão caçula de Hudson, Lucas Henrique de Oliveira Silva, de 20 anos, disse que depois que Larissa morreu seu irmão perdeu o interesse pela vida e não queria fazer mais nada. Ele cumpria os compromissos por obrigação, mas não conseguia mais esconder a sua tristeza. Lucas falou sobre o irmão nesta sexta-feira, dia 22.
Hudson foi parar atrás das grades duas vezes em menos de 24 horas. Na primeira prisão que aconteceu na madrugada de quarta-feira, dia 20, na cidade de Limeira, ele foi liberado depois de pagar R$ 6 mil de fiança.

Mais tarde ele voltou a ser detido e passou duas noites na Delegacia Seccional de Limeira. Na manhã de sexta-feira ele foi levado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) da cidade de Piracicaba. A sua prisão preventiva foi decretada por tempo indeterminado.

O irmão disse que Hudson não queria mais continuar vivo por causa do sofrimento. Segundo a informação, há um mês ele teria encontrado uma nova namorada e parou falar em suicídio, mas tudo foi por água a baixo com os acontecimentos da última semana. O nome da nova namorada foi mantido em sigilo. Larissa Lopes faleceu aos 26 anos em 12 de novembro do ano passado, por causa de um tiro na cabeça. Ela estava dentro da concessionária de seu pai e acredita-se que ela tenha se suicidado.

Depois que a jovem morreu, Hudson ficou bastante abatido e passava a maior parte do tempo no quarto, conforme contou o seu irmão. Ele só saída de casa todas as manhãs para visitar o túmulo da ex-mulher no Cemitério da Saudade. Hudson se sentia sozinho, apesar de estar sempre cercado de pessoas. Cumpria os compromissos no modo automático.

O pai de Hudson disse à imprensa que seu filho não é bandido ou criminoso. Jerônimo Silva (70) confirmou que o cantor andava depressivo, dormia e comia pouco. Ele disse que jamais imaginou que seu filho passaria por essa situação. Edson, irmão de Hudson e com que ele forma dupla, não comentou os fatos.