Publicado em: segunda-feira, 20/01/2014

Família de Genoíno consegue arrecadar doações no valor da multa

Genoíno consegue arrecadar doações no valor da multaAté a data de ontem, em último levantamento realizado por portais da internet, a campanha que foi promovida online pela família de José Genoino, o ex-presidente do Partido dos Trabalhadores, conseguiu arrecadar mais de R$ 700 mil. O valor será possível para quitar a multa que foi estipulada pela Justiça no decorrer do processo e condenação do mensalão.

O valor que a família de Genoíno conseguiu arrecadar com as doações supera o valor da multa cobrada, que ficou estipulada em R$ 667,5 mil pela Justiça. O valor que eles conseguiram arrecadar e vão usar para pagar a multa deve ser depositado em um fundo especial, o Fundo Penitenciário Nacional. Já foi afirmado pela equipe de defesa de Genoíno que o valor excedente também acabará sendo repassado pela família para o mesmo fundo. O valor depositado será revertido na construção, ampliação e reformas de complexos penitenciários pelo Brasil.

O advogado Luiz Fernando Pacheco declarou que o valor da multa foi questionado e que eles acreditam que o valor correto a ser cobrado seria de R$ 380 mil. Entretanto, a família de Genoíno conseguiu arrecadar pela internet o valor estipulado pela justiça, de R$ 667,5 mil. A família do preso conseguiu arrecadar o dinheiro através de uma campanha aberta em um site, desde o dia 9 de janeiro. A iniciativa contou com o apoio de vários integrantes da cúpula do Partido dos Trabalhadores.

Em uma mensagem que foi publicado no site, os familiares destacaram que o política não possuía nenhum patrimônio para ter condições de arcar com a despesa estipulada pela justiça. Além disso, o aviso ainda afirmava que mulheres e homens de bem não iriam deixar que ele arcasse sozinho com a multa, seriam estas as pessoas que realizaram as doações, chegando a monta total conquistada. No último domingo, os administradores do site postaram uma mensagem confirmando que a arrecadação já havia obtido o valor suficiente para quitar a dívida, mas sem ainda ter informado o valor total, porque a apuração ainda estava sendo finalizada.