Publicado em: sexta-feira, 21/12/2012

Facebook testa cobrança nos EUA para envio de mensagens a “não amigos”

O Facebook começou a fazer testes durante esta quinta-feira (20) sobre a possibilidade de fazer cobranças no intuito de garantir que mensagens de desconhecidos possam chegar nas caixas de entrada de destinatários que estão presentes na rede social.

Este teste de Mensagens do Facebook, está limitado apenas aos norte-americanos no momento, e irá permitir para quem quiser enviar uma mensagem, que faça o pagamento de US$ 1 para que a mensagem possa chegar na caixa de entrada da pessoa a quem se destina, mesmo que esta pessoa não esteja no círculo de amigos da pessoa que enviou.

Este sistema de mensagens da rede social teve sua criação para que desvie a correspondência que outra pessoa não fosse desejar receber em uma pasta que o usuário poder ignorar.

O Facebook disse que gostaria de determinar se cobrando por mensagens, isto iria melhorar a fórmula de que apenas mensagens relevantes e úteis cheguem a caixa de entrada dos usuários.

A rede social já usa sinais sociais, como exemplo de conexões entre amigos, e algoritmos que façam identificação de mensagens não desejadas (spam). O Facebook disse no seu blog que o teste foi feito para que faça frente em situações que os sinais sociais e os algorítmicos não são suficientes para fazer o bloqueio de mensagens indevidas.

Como exemplo disto, diz a publicação, se uma pessoa quer enviar uma mensagem para uma pessoa que ouviu discursar numa conferência, porém não está na sua lista de amigos, ou caso queira fazer o envio de uma mensagem sobre oferta de emprego, poderá utilizar a ferramenta para que possa acessar a caixa de entrada.

A companhia com sede no estado da Califórnia fez a introdução durante o ano de 2011 do seu sistema de outras pastas que são diferentes da bandeja normal de entrada das mensagens, onde coloca mensagens com interesse duvidoso ao destinatário.