Publicado em: quarta-feira, 24/10/2012

Facebook tem queda de US$ 59 mi nos últimos três meses

Facebook tem queda de US$ 59 mi nos últimos três mesesNesta terça-feira (23) o Facebook publicou que teve prejuízo de US$ 59 milhões entre os meses de julho e setembro, em relação aos US$ 227 milhões nestes mesmos meses em 2011. A desvalorização em cada ação foi de US$ 0,02.

Mesmo com este prejuízo, os ganhos foram maiores do que o mercado esperava para a empresa, conforme apontaram o jornal “Financial Times” e a agência de notícias France Presse. A receita atingiu US$ 1,262 bilhão de abril até junho deste ano, acima US$ 1,22 bilhão que era projeto pelos analistas.

Após esses dados serem divulgados e mesmo com o pregão encerrado, os papéis do Facebook dispararam. Durante a sessão os papéis registravam alta de 0,87%, e um depois das 19h00 os valores atingiram 8,52%.

Mesmo com a forte taxa de crescimento, os valores de negociação das ações são muito inferiores ao valor da oferta pública inicial de ações, (IPO na sigla em inglês) da empresa. O valor que atingiam de cada ação era de US$ 38 em 19 de maio, e agora equivale a apenas US$ 21,15.

Foi o primeiro registro de aumento da receita do Facebook desde quando a empresa entrou no mercado. Conforme aponta a empresa, 14% da receita de anúncios vieram de dispositivos móveis.

Conforme um documento que teve sua publicação na Comissão de valores imboliários norte-americana (SEC na singla em inglês), o Facebook terminou o terceiro trimestre deste ano com maior quantidade de acessos por celulares, netbooks e tablets e da quantidade de usuários.

Mais de 600 milhões de usuários utlizarão algum tipo de dispositivo móvel no mês de setembro deste ano, aumento de 61% em relação ao mesmo mês no ano passado. A empresa há poucos dias alcançou 1 bilhão de usuários por mês nas mais diversas plataformas.