Publicado em: sábado, 17/12/2011

Facebook: site pretende processar empresário que mudou seu nome para Mark Zuckerberg

Algumas pessoas fazem de tudo pela fama, para conseguirem dinheiro ou até mesmo para homenagear alguém que admiram. Não se sabem os motivos, mas o empresário israelense Rotem Guez alterou seu nome legalmente para ser chamado por Mark Zuckerberg, o fundador do Facebook.

De acordo com as informações concedidas pelo jornal de israelense Hole in the Net e republicadas no site The Next Web, o empresário foi ameaçado pela empresa do Zuckerberg “original” por ter seu nome alterado. O homem mudou seu nome e processou o Facebook por sua página na rede social ter sido bloqueada.

Em contrapartida, o Facebook resolveu abrir outro processo, este contra o Mark Zuckerberg israelense. Os advogados da rede social enviaram ao empresário um termo exigindo que ele “nunca mais acesse o Facebook, seus serviços, plataformas e sua rede, por nenhuma razão”.

A rede social afirma que o empresário tentou conseguir dinheiro através de recursos do Facebook que são vendidos somente pela empresa do verdadeiro Zuckerberg. O termo enviado para o israelense afirma que, para o processo não continuar, ele deve cumprir determinadas medidas até o dia 19 de dezembro. Rotem Guez não informou a ninguém, nem aos amigos e a família, que pretendia mudar de nome.