Publicado em: quinta-feira, 29/12/2011

Facebook: professoras que falaram mal de alunos pela rede social são demitidas

Professoras na Inglaterra foram demitidas após escreverem em suas páginas do Facebook ofensas aos alunos para os quais davam aulas. As professoras chamaram os estudantes de “burros”, além de afirmarem que eles possuem “dano cerebral por conta de serem fruto de relações incestuosas”. A professora Nyanza Roberts e a supervisora Debbie Johnson foram afastadas de seus cargos na Westcott Primary School.

A informação foi confirmada pelo conselho político da cidade de Hull. A diretora do conselho, Mary Wallace, mandou uma carta aos pais dos estudantes ofendidos com um pedido de desculpas pelo fato e contando sobre a decisão, que de acordo com a diretora, foi tomada pelas professoras. A decisão foi tomada durante uma reunião com os membros da escola, mas os detalhes estão mantidos em sigilo.

A carta foi divulgada pelo jornal Daily Mail, e o trecho dizia para os pais são de preocuparem, pois as professoras se afastaram da instituição de ensino e os filhos continuarão recebendo educação, bem estar e respeito por parte da escola. A carta ainda afirma aos pais que todos os membros da escola darão o máximo de si para garantir o melhor para os alunos.

Debbie Johnson havia dado uma declaração, anteriormente, afirmando que as mensagens feitas no Facebook tinham sido lidas fora do contexto, pois não tinham relação com os estudantes. Beckie White, de 33 anos e mãe de uma aluna afirma que é necessário ter respeito e que, apesar de ter sido apenas um comentário em uma rede social, elas devem mesmo ser punidas.