Publicado em: quarta-feira, 04/03/2015

Facebook pode causar depressão

Já foi comprovado que o uso excessivo da rede social Facebook traz uma série de desvantagens para os usuários. Entretanto, uma pesquisa da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, comprovou outro resultado negativo do uso excessivo do Facebook. Cientistas da instituição decidiram investigar se a rede social poderia afetar a saúde mental dos usuários. Após o levantamento, os cientistas constataram que os infinitos likes e compartilhamentos podem acabar resultando em sintomas mais graves, como depressão, em decorrência da inveja que as postagens podem causar em outros usuários. De acordo com o levantamento dos pesquisadores, postagens sobre viagens de férias caras, compra de carros ou casas e até mesmo relacionamentos aparentemente felizes podem até estimular sentimentos de inveja, provocando comparações descabidas.

De acordo com uma das autoras do estudo desenvolvido pela Universidade de Michigan, o Facebook pode ser uma ferramenta saudável e divertida, apenas se o usuário aproveitar essa ferramenta para se conectar com velhos amigos, com a família e usar o espaço para partilhar aspectos importantes de suas vidas. Entretanto, ela reitera que se o Facebook for usado apenas para buscar informações de quanto bem sucedido financeiramente está uma pessoa conhecida, ou mesmo quanto um velho amigo está feliz com seu atual relacionamento. Facebook pode causar depressão

Os pesquisadores perceberam que muitas pessoas estão usando a rede social para buscar informações que resultam em inveja entre colegas, um sentimento intensivo que pode acabar resultado em depressão. Mais de 700 universitários usuários da rede social foram entrevistados durante o estudo. O resultado final da análise indicou que uma boa parte deles estariam se dedicando com a rede social a uma espécie de vigilância, apresentando sintomas de depressão. Quem usava apenas como forma de se manter conectado, não sofria qualquer desses efeitos negativos. Os pesquisadores esperam alertar os usuários para esse tipo de risco, para tentarem evitar esse tipo de uso do Facebook.