Publicado em: terça-feira, 10/04/2012

Facebook pagou pelo Instagram R$ 1,8 bilhão

Mark Zuckerberg, fundador da rede social mais popular do mundo, o Facebook, anunciou ontem, segunda feira (09), que a rede social adquiriu a empresa que desenvolveu o aplicativo de fotos Instagram pelo valor correspondente a R$ 1,8 bilhão. De acordo com Zuckerberg, a proposta é que o Instagram seja gerenciado de uma maneira independente, permitindo que os usuários continuem com a postagem em outras redes sociais, como o Twitter.

O americano Kevin Systrom, juntamente com o brasileiro Mike Krieger são os responsáveis pelo desenvolvimento do aplicativo, que foi lançado em outubro de 2010. O Instagram permite aplicar efeitos diferenciados nas fotos e compartilhar com os amigos. Até o momento, a ferramenta conta com quase 30 milhões de adeptos, enquanto a empresa, com apenas 13 funcionários.

Depois da venda, o criador brasileiro faturou US$ 100 milhões, equivalente a R$ 180 milhões, que corresponde a uma participação de 10% na companhia. Systrom, CEO do Instagram teria fatura aproximadamente R$ 748 milhões pelos seus 40% da empresa.

Os poucos funcionários da empresa deverão receber aproximadamente US$ 100 milhões, referentes a um bônus. O CEO Systrom declarou num blog oficial da empresa que a equipe está bastante satisfeita com a aquisição, lembrando ainda que o aplicativo não irá desaparecer, como o que ocorreu com outros pequenos aplicativos adquiridos pela rede social nos últimos anos.

Novidades

Systrom ainda afirmou que a equipe continuará a adicionar novidades no produto, sempre buscando novas formas de transformar a experiência móbile com fotos na melhor possível. Ele frisa bem que o Instagram continuará sendo o mesmo.

Já Zuckerberg, em seu perfil na rede social, postou que estaria bastante animado em compartilhar a novidade da aquisição do aplicativo. De acordo com ele, os usuários ainda terão a opção de postar no Facebook ou não as fotos que forem tiradas com a ferramenta.