Publicado em: terça-feira, 18/02/2014

Facebook lidera número de denúncias na internet brasileira

Facebook lidera número de denúncias na internet brasileiraUm estudo da Safernet, ONG dedicada à segurança na internet, foi divulgado nesta segunda-feira, 17 de fevereiro. A pesquisa, que se utiliza de informações de 2013, teve como objetivo mostrar a origem das denúncias feitas por brasileiros no ambiente virtual. E, pela primeira vez, o Facebook foi a fonte do maior número de denúncias no país: em 2013, cerca de 30% de todas as denúncias feitas pela internet no Brasil partiram do Facebook.

Dados

A Safernet realizou este levantamento com base na Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos, órgão que reúne dados de sete entidades que combatem crimes virtuais. Ao todo, 16,6 mil páginas hospedadas no Facebook (como fotos, postagens e vídeos, por exemplo) foram denunciadas pelos brasileiros. No período anterior, o número era de 11,3 mil.

O aumento das denúncias tem relação direta com o número de brasileiros na rede social. Em 2012, o número de usuários ativos do Facebook no país era de 61 milhões; agora, é de 83 milhões, um aumento de 36%. Ainda assim, o número de denúncias teve um aumento percentual superior ao de novos usuários, crescendo em 47,5%. Ou seja, os brasileiros estão denunciando mais.

Relatórios anteriores

Até 2012, o maior número de denúncias virtuais partia do Orkut. A rede social do Google dominava as listas desde 2006, quando o relatório começou a ser divulgado. Em 2012, o Orkut era a origem de 32% das denúncias, enquanto o Facebook tinha 20%. Já em 2013, o Orkut teve uma queda brusca no número de denúncias, que foram 42% menores.

Curiosamente, o Facebook é a rede social mais popular do Brasil desde setembro de 2011, mas isso ainda não tinha se refletido no número de denúncias. Uma das explicações pode ser a de que, pelo menos no início, os usuários não conhecem os dispositivos de denúncias do site. A interação nos primeiros meses também costuma ser menos intensa, por isso, diminuem as chances de que os usuários encontrem conteúdos passíveis de denúncia.

Processos

Embora o número total de denúncias seja um dado importante para que possamos compreender os crimes virtuais no Brasil, a Safernet alerta para o fato de que nem todas as denúncias são necessariamente crimes. Muitos usuários têm o costume (errôneo) de denunciar páginas que apresentem, por exemplo, uma temática que discorde de suas convicções políticas, religiosas etc.

Os dados apresentados nos relatórios da Safernet levam em conta apenas o número total de denúncias, sem excluir aquelas que, após análise das redes sociais, são consideradas vazias ou até mesmo falsas.

Além do Facebook e do Orkut, outros sites que apresentaram um grande número de denúncias foram Youtube, Twitter e Ask, que complementam a relação das cinco páginas que mais originam denúncias na internet brasileira.

Casos mais comuns

No Facebook, o crime mais denunciado é o de racismo. Em 2013, foram 6,8 mil casos reportados à Safernet. Contudo, assim como no número total de denúncias, a Safernet não tem informações sobre quantas denúncias de racismo, de fato, se tornaram processos posteriormente.