Publicado em: sábado, 26/10/2013

Facebook ensina táticas gratuitas aos políticos brasileiros

Facebook ensina táticas gratuitas aos políticos brasileirosAlheios a uma não declarada guerra cibernética entre Brasil e Estados Unidos, o Facebook esta semana ensinou políticos gratuitamente técnicas para que suas páginas sejam mais evidenciadas através de mais curtidas e como conseguir novos amigos. O treinamento foi sugerido apenas a políticos de alto escalão do governo brasileiro.

A deixa da rede social veio a calhar aos políticos, já que eles se preparam para a disputa do pleito no ano que vem. Coincidência ou não a ajuda do Facebook, veio também após descoberta de que está para ser votado no congresso, limitações às empresas americanas de internet no país, uma clara resposta aos casos deflagrados no país de espionagem.

A proposta do governo brasileiro é a de que os dados sobre os usuários dos sites como Google, Facebook e Twitter arquivem as informações somente no Brasil, o projeto deve entrar em votação quarta-feira, dia 30.

Em contrapartida as empresas afirmam que tal determinação geraria alto custo e não é tão fácil como se imagina. Com mais de 75 milhões de usuários no Facebook, o país é muito importante para a rede social e também um forte aliado na luta pela conquista do voto nas próximas eleições.

O governo brasileiro através da presidente Dilma, após as denúncias de espionagem, está forçando as empresas norte americanas a sustentarem data centers dentro do Brasil, pois destas forma estariam subjugadas às leis de privacidade do país.

Foi enviado um comunicado para os políticos advertindo que o arquivamento de dados no país poderia eliminar os internautas brasileiros dos serviços de armazenamento de informações em nuvem, desatar o país do caminho ininterrupto de dados globais e impedir seus anseios de se virar um centro regional de TI e data center.