Publicado em: sexta-feira, 21/10/2011

Exportação de lixo no PE será investigada pelo FBI

Chegaram a Recife (PE) na madrugada de ontem representantes do FBI (polícia federal americana) e do Serviço de Imigração e Controle Alfandegário dos Estados Unidos. Eles estão aqui para auxiliar nas investigações sobre a importação de lixo hospitalar. Isso porque, na semana passada, a Receita Federal brasileira descobriu toneladas de tecidos com logotipos de hospitais americanos.

Os tecidos continham manchas de sangue e foram encontrados em um contêiner no porto de Suape. A lei determina que esse tipo de material não entre no país. Uma investigação paralela foi iniciada nos EUA.

A polícia America também quer descobrir quem são os responsáveis pela exportação desse material hospitalar ao Brasil. Ele foi enviado do porto de Charleston, no Estado da Carolina do Sul e importado pela empresa têxtil Império do Forro de Bolsoa Cruz do Capibaribe.

Foram encontradas mais de 60 amostras de material suspeito coletadas até agora. A Polícia Federal instaurou um inquérito para apurar as responsabilidades brasileiras no caso. A Polícia quer descobrir quem estava no momento do desembarque dos contêineres com esse material vindo dos EUA.