Publicado em: sábado, 19/05/2012

Explosão mata ao menos um estudante em escola italiana

Neste sábado (19), uma bomba explodiu em frente a uma escola na cidade de Brindisi, na Itália. A tragédia causou a morte de pelo menos um estudante até o momento. Em decorrência do atentado à escola italiana, mais seis alunos ficaram feridos. Segundo Fabiano Amati, da Defesa Civil, um aluno ainda está em estado grave.

A explosão aconteceu no começo da manhã de hoje, no momento em que os alunos estavam chegando à escola. As autoridades do país, no entanto, não sabem afirmam que foi somente uma bomba ou duas no atentado à instituição de ensino. Fabiano Amati afirma que, pelo potencial explosivo, era um artefato poderoso.

A bomba estava localizada perto da escola, em um recipiente. De acordo com os moradores que residem próximos ao colégio, a explosão foi tão poderosa que chegou a quebrar todos os vidros da escola e também das edificações. Em pouco tempo a polícia local já fez um cerco de segurança e os especialistas já chegaram para verificarem quais foram os motivos do atentado.

Ligação de atentados

A mídia da Itália fez uma ligação do ataque à escola aos 20 anos do atentado que assassinou Giovanni Falcone, sua esposa e três guarda-costas. Falcone era um famoso magistrado contra a máfia do país, e o ataque foi feito no dia 23 de maio de 1992. Neste atentado, a máfia utilizou aproximadamente 500 quilos de dinamite e explodiu o veículo do magistrado.