Publicado em: sexta-feira, 30/05/2014

Explosão no Japão deixa quatro feridos

Explosão no Japão deixa quatro feridosNa última quinta-feira, dia 29 de maio, um petroleiro explodiu próximo ao porto de Himeji, na cidade de Huogo, que fica no Japão. Com o acidente, quatro tripulantes ficaram com ferimentos graves e o capitão continua desaparecido. A explosão aconteceu enquanto os trabalhadores limpavam o navio, por volta das 9h do Japão (21h do horário de Brasília).

As informações divulgadas pela radiotelevisão “NHK” foram de que as autoridades portuárias viram uma coluna de fumaça preta a alguns quilômetros de onde o navio partiu. No total, sete pessoas foram resgatadas, mas quatro com queimaduras graves que permanecem no hospital. A embarcação tem o nome “Shokomaru” e mede 81 metros de comprimento, pesando 998 toneladas.

O navio estava descarregado desde o dia 23 de maio. A última carga tinha sido de combustível que foi deixado no porto de Aioi. Os patrulheiros da Guarda Costeira do Japão e outras embarcações pesqueiras realizaram o resgate dos tripulantes. Enquanto isso, um helicóptero e mais três navios foram até o local apagar as chamas da explosão.

A estrutura do petroleiro sofreu danos e afundou parcialmente. No momento do acidente, os funcionários estavam retirando o óxido que estava na cobertura da embarcação. O possível motivo do acidente pode ter sido uma faísca que segurou o gás evaporado do petróleo que estava nas cisternas. Os próprios tripulantes afirmaram isso.

As buscas pelo capitão, de 64 anos, continuam pela sexta-feira, dia 30 de maio, pelas equipes de mergulhadores. Um dos funcionários está inconsciente e com queimaduras graves. O acidente aconteceu perto do centro oeste da ilha de Honshu, que fica a cerca de 450 quilômetros da capital Tóquio. O fogo pode ter tido início depois que um dos marinheiros começou a remover a pintura com um lixadeira.