Publicado em: segunda-feira, 23/07/2012

Executivos da Warner estudam mudanças em filme após tiroteio nos EUA

Depois do tiroteio que aconteceu em uma sessão especial do filme “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge”, na sexta-feira (20), os executivos da Warnes Bros estão estudando a possibilidade de algumas mudanças no longa-metragem “Caça aos Gângsteres”. O tiroteio de sexta-feira deixou 12 pessoas mortas e outras 58 feridas em uma cidade no Colorado. O suspeito do crime já foi pego e os policiais encontraram vários explosivos em seu apartamento.

Os executivos da Time Warner Inc, irão se reunir nesta segunda-feira (23) para conversarem sobre a hipótese de editar ou até mesmo remover a cena de tiroteio existente no novo filme da companhia. Os dirigentes pensam também na possibilidade de mudar a data do lançamento, que seria feito no dia 7 de setembro. O filme tem atuações de Ryan Gosling e Sean Penn.

Remoção de trailers

Depois do tiroteio do Colorado, a produtora de filmes decidiu retirar os trailers de “Caça aos Gângsteres” das sessões cinematográficas. A gravação que faz uma prévia do filme traz cenas em que homens disparam suas metralhadoras em uma audiência que está sendo realizada em um cinema. A Warner cancelou a estreia do novo filme do Batman em Paris e também as aparições dos atores do longa-metragem no Japão e no México.

Mesmo que as arrecadações das bilheterias tenham ficado abaixo do esperado pelas estimativas, “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge” arrecadou aproximadamente US$ 162 milhões no Canadá e nos Estados Unidos. De acordo com as fontes de Hollywood, esta é a terceira melhor renda em um final de semana. Os especialistas acreditam que os espectadores irão superar rápido o crime da última sexta-feira e voltarão aos cinemas.