Publicado em: terça-feira, 05/07/2011

Exame da OAB reprova 88% dos candidatos

O Exame da Ordem da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), realizado em dezembro de 2010, teve 88,275% dos candidatos reprovados. O número de bacharéis em direito aprovado representa 12.534 aprovados, segundo a OAB. Na edição anterior, o índice também chegou próximo a 90%. O exame é realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Os dados da OAB também apontam a qualidade de ensino de parte dos cursos de direito do país. Segundo a pesquisa, 81 da instituições de ensino superior participantes tiveram aprovação zero. O secretário da Ordem, Marcus Vinícius Furtado Coelho, disse em nota que o presidente da OAB vai notificar o Ministério da Educação, a fim de colocar as faculdade em regime de supervisão, que pode causar o cancelamento dos cursos. O MEC indica que existem 1.120 cursos superior em bacharel de direito no Brasil.

O estudo realizado pela OAB reúne os dados dos quatro últimos exames anteriores ao de dezembro de 2010 e mostra que as 20 melhores instituições de ensino superior pública aprova entre 70% e 90%. Já nas 20 piores universidades públicas e nas 20 melhores universidade privadas, o índice de aprovação médio é de 40% a 60. Nas 20 piores instituições privadas, o números ficar em 3% e 5%.

As universidades que ficaram com a maior aprovação são: Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Universidade de Brasília (UnB), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal do Ceará (UFCE), Universidade Federal do Piauí (UFPI), Universidade Federal do Paraná (UFPR), Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e Universidade Federal de Sergipe (UFS).