Publicado em: quarta-feira, 08/08/2012

Ex-primeiro-ministro da Síria está na Jordânia

Ex-primeiro-ministro da Síria está na JordâniaNa madrugada desta quarta-feira (8), o ex-primeiro-ministro da Síria, Riad Hiyab, entrou na Jordânia. A informação foi confirmada hoje pelo ministro para Assuntos de Comunicação do país, Samih Maaytah. Riad Hiyab deixou o cargo no governo de Bashar al-Assad na última segunda-feira. Ele chegou ao novo país na companhia de alguns membros de sua família.

O ministro da Jordânia tinha negado há alguns dias que Riad Hiyab estava no país. Em uma entrevista para a agência de notícias Efe, Ahmad Masri, ativista membro dos Comitês de Coordenação Local, afirmou que a operação para retirar o ex-primeiro-ministro da Síria foi encerrada durante a noite de terça-feira. De acordo com Masri, Riad Hiyab teve de se esconder uma pequena cidade antes de sair do país, porque as forças do governo sírio aumentaram a vigilância em Deraa e impediram as comunicações.

Operação

Os Comitês conseguiram entrar em contado com a oposição Exército Livre Sírio (ELS) para que Riad Hiyab conseguisse sair de Nasib, onde estava refugiado, e seguir até a fronteira, quando foi entregue para as autoridades da Jordânia. O ativista afirma que o ex-primeiro-ministro estava com 35 familiares e sem nenhum outro ministro do governo de Bashar al-Assad.

Na última segunda-feira, a saída de Riad Hiyab do cargo foi anunciada por Mohammed Aetri, seu porta-voz, que leu seu comunicado no canal “Al Jazeera”. No documento, o porta-voz afirmava que Riad Hiyab estava deixando o cargo no governo devido às atrocidades cometidas pelo presidente do país. O porta-voz declarou também que o ex-primeiro-ministro estava se unindo aos rebeldes sírios contras as forças de Assad.