Publicado em: quarta-feira, 06/11/2013

Ex-piloto da Williams, Bruno Senna torce por permanência de Massa na Fórmula 1

Ex-piloto da Williams, Bruno Senna torce por permanência de Massa na Fórmula 1Sem ter o contrato renovado com a equipe Ferrari, Felipe Massa ainda não sabe se permanecerá na Fórmula 1 para a temporada 2014. Mas se depender da torcida de seu compatriota Bruno Senna, o brasileiro pode ficar tranquilo que estará empregado na categoria no ano que vem. Entretanto, para o ex-piloto da Williams, o futuro da escuderia britânica é uma incógnita.

Na torcida por Massa, Bruno Senna ressalta que em 2014 haverá várias mudanças no regulamento da Fórmula 1, e com isso, a Williams pode surpreender e voltar a ter um carro competitivo, ou seja, prever alguma coisa é difícil neste momento. O piloto, atualmente no WEC (World Endurance Championship), disse que teve a oportunidade de correr num carro bom em 2012, mas reconhece que a escuderia não vive bom momento neste ano.

No campeonato mundial de construtores de 2013, a Williams está na modesta nona colocação com apenas um ponto ganho, conquistado pelo venezuelano Pastor Maldonado, que está de saída da equipe britânica. A escuderia está à frente somente da Marussia e da Caterham.

Em relação ao tetracampeonato mundial conquistado por Sebastian Vettel no Grande Prêmio da Índia, ultrapassando seu tio Ayrton em número de conquistas, Bruno Senna fez elogios ao piloto alemão e já o coloca como um dos principais nomes da história da Fórmula 1, lembrando que ele aumenta a diferença para os concorrentes logo nas primeiras voltas, aproveitando-se da força do carro da Red Bull.

Bruno Senna comemora atual momento na carreira no Mundial de Endurance

Apesar de ter saudades da Fórmula 1, Bruno Senna está satisfeito com seu atual momento na carreira, já que tem conquistado resultados com a equipe Aston Martin no Campeonato Mundial de Endurance, o WEC. Em sua opinião, para ser um vencedor na categoria mais importante do automobilismo mundial, é preciso ter oportunidades no momento correto.