Publicado em: sexta-feira, 27/12/2013

Ex-jogador, Petkovic assume comando do time Sub-23 do Atlético-PR

Ex-jogador, Petkovic assume comando do time Sub-23 do Atlético-PRAposentado dos gramados, o ex-jogador Dejan Petkovic já se apresentou ao Atlético-PR para comandar o time Sub-23 na próxima temporada. O sérvio já iniciou os trabalhos no campo e já prepara a equipe para a disputa do Campeonato Paranaense. Aos 41 anos de idade, o novo treinador assumiu também a gerência das categorias de base do clube.

A apresentação oficial de Petkovic no Atlético Paranaense foi na última quinta-feira (26), e agora, o técnico já trabalha com os atletas do time Sub-23 no Centro de Treinamento do Caju, em Curitiba. Ao lado do diretor de futebol do clube, Antônio Lopes, o treinador da base conheceu a estrutura do Rubro-Negro e conversou com os novos comandados.

Essa será a primeira oportunidade de Petkovic como treinador. Enquanto isso, o técnico Vagner Mancini, que comandou o Atlético Paranaense no Campeonato Brasileiro deste ano, seguirá trabalhando com o time profissional de olho apenas na disputa da Taça Libertadores da América de 2014, principal objetivo do time no próximo ano.

Como jogador profissional, Petkovic foi ídolo no futebol brasileiro, em especial da torcida do Flamengo, onde conquistou o Campeonato Carioca em 2001 e o Brasileirão em 2009. O sérvio ainda teve passagens pelo Vitória, onde foi campeão estadual e da Copa Nordeste em 1999, além de Vasco da Gama, Fluminense, Goiás, Santos e Atlético Mineiro. Sua carreira na Europa foi curta, tendo sido revelado pelo Estrela Vermelha, passando rapidamente por Real Madrid, Racing Santander e Sevilla, da Espanha.

Petkovic já tem data marcada para estrear no comando da equipe Sub-23 do Furacão

Petkovic estreará no comando do time Sub-23 do Atlético-PR no dia 19 de janeiro, às 17 horas, em jogo válido pela primeira rodada do Campeonato Paranaense, diante do Prudentópolis, fora de casa.

Em 2013, o Furacão também montou um time Sub-23 para o Estadual, mas não teve sucesso. Seu arqui-rival, o Coritiba, disputou a competição com força máxima e conquistou o tetracampeonato neste ano.