Publicado em: segunda-feira, 12/05/2014

Ex-fãs de One Direction vendem os ingressos para o show porque dizem ter “amadurecido” e por isso perderam o interesse pela Boy Band

Ex-fãs de One Direction vendem os ingressos para o show porque dizem ter “amadurecido” e por isso perderam o interesse pela Boy BandHá mais ou menos um ano, elas se classificavam como ‘super fãs’ de One Direction e ficavam ligadas em cada passo da banda, contando os segundos para comprar os ingressos para os shows em São Paulo, que aconteceu nesse sábado (10) e domingo (11). Então, de repente essas garotas venderam as entradas porque dizem que amadureceram e não gostam mais da banda como antes.

Elas estão em desacordo com as adolescentes que dormem e passam por contratempos na porta do Estádio do Morumbi há mais de 40 dias só para ficar na primeira fileira e estar o mais próximo possível. “Comprei o ingresso e naquela época era mais febre, mais modinha. Eu estava ‘superempolga’, mas acredito que fui amadurecendo e comecei a gostar de outras coisas”, conta Úrsula Kunze, de 20 anos. Ela acredita que a fase que está vivendo a fez mudar de opinião sobre o gosto musical. “Um ano muda muito na gente. Mudou muita coisa na minha vida. Preferi usar o dinheiro do One Direction para ir ao Lollapalooza”, explica. A ex-fã conta que se tornou nesse tempo uma amante de música eletrônica e da cantora pop Ellie Goulding.

Perdendo fãs

Os integrantes da banda, Harry Styles, Zayn Malik, Louis Tomlinson, Niall Horan e Liam Payne dizem que tem consciência que a qualquer momento podem perder as fãs. Mas afirmam que isso faz parte e já está nos planos deles, por isso não há preocupação quanto a isso. “Eu acho adorável saber que essas crianças/adolescentes vão crescer e que provavelmente daqui um tempo vão começar a seguir outros grupos. Acredito que sempre virão outras”, ressalta Harry. Segundo a estudante Amanda Cachova contou em entrevista que desistiu do show quando o local em que iria acontecer a apresentação em São Paulo foi modificado, isso a desanimou.

Em dezembro do ano passado, as apresentações foram transferidas da nova arena do Palmeiras, Allianz Parque, para o estádio do Morumbi, em razão da primeira não ter uma data de abertura decidida. “Sabia que seria um show enorme, mas não estou nada acostumada com shows assim. Prefiro aqueles mais “íntimos”, com público pequeno. Além disso, tenho 21 anos, sou louca por rock e perdi um pouco de interesse pela banda”, destaca Amanda.