Publicado em: sexta-feira, 11/04/2014

Ex-BBB Marcelo desiste de processar colega de confinamento

Ex-BBB Marcelo desiste de processar colega de confinamentoO ex-confinado do Big Brother Brasil 14 Marcelo Zagonel continua ainda se acostumando a nova rotina fora do confinamento do BBB 14, passando o tempo sem ser vigiado 24 horas por câmeras. O curitibano retomou sua vida normal há cerca de dez dias e comentou em entrevista a um portal de notícias sobre os momentos polêmicos e de tensão que viveu no confinamento na briga com o gaúcho Cássio.

Para ele, este foi o momento mais difícil de superar dentro do programa, já na reta final do reality. Ele também comentou o que pensa da paulista Angela, com quem viveu um affair dentro do jogo.

Ele comentou que estava se acostumando, mas que ainda tinha coisas difíceis de conseguir se reacostumar. Ele explicou que nos primeiros dias em que acordou fora da casa, procurava o microfone antes de falar qualquer coisa, mas que agora a mais dificuldade seria se acostumar com o assédio, o convívio com os fãs na rua.

Ele explicou que vem recebendo muito carinho dos fãs que torciam por ele. Marcelo garantiu que foi também a boa recepção do público do lado de fora que o ajudou a superar a polêmica que viveu com Cássio. O gaúcho o acusou de ter tirado vantagem de Angela, durante uma festa em que ela estava muito embriagada.

Com a advogada desacordada, Marcelo deu um selinho nela e ainda jogou água em seu rosto duas vezes. Marcelo ficou indignado com as acusações de Cássio, garantindo ainda dentro do programa que se Cássio não se desculpasse pelas acusações, iria processá-lo por difamação e injúria.

Hoje Marcelo está mais tranquilo com relação a briga, mesmo sem ter conversado com Cássio após o programa. Ele garantiu que não tem mais intenção de levar a polêmica para a justiça, porque para ele o mais importante é ver que o Brasil viu o que realmente aconteceu e tudo deve continuar por isso mesmo.

Cássio não se desculpou formalmente, mas reconheceu perante a imprensa que exagerou ao usar a expressão “abuso”.